NOTÍCIAS

5 vezes em que Mick Jagger foi pé-frio – e uma que deu certo

No aniversário do roqueiro, relembramos o seu azar em jogos de futebol

por Redação em 26/07/2016

Além da fama conquistada à frente dos Rolling Stones, Mick Jagger tem a reputação de trazer má sorte aos times pelos quais torce quando vai ao estádio. Fanático por futebol, o músico é visto frequentemente na plateia de jogos importantes, causando pânico nas torcidas escolhidas.

Reunimos algumas vezes em que a presença de Jagger azarou as equipes.

Copa de 2010 – África do Sul – Oitavas de Final – Gana 2 x 1 Estados Unidos

Foi aí que tudo começou. Jagger acompanhou a partida ao lado do jogador de basquete Kobe Bryant e do ex-presidente Bill Clinton. Apesar do esforço, os americanos perderam o jogo. Não precisa dizer pra quem o Stone estava torcendo, né?

Reprodução

Copa de 2010 – África do Sul – Quartas de Final – Brasil 1 x 2 Holanda

Depois que a Inglaterra foi eliminada da competição, Jagger decidiu torcer para o Brasil, país em que seu filho Lucas (fruto do relacionamento com a apresentadora Luciana Gimenez) vive. No meio da partida, a seleção brasileira se desestabilizou e entregou o jogo para a Holanda.

Reprodução

Copa de 2014 – Brasil – Primeira fase

Jagger estava animadíssimo com o mundial e usava as redes sociais para manifestar seu entusiasmo, principalmente nos jogos da Inglaterra. No primeiro deles, tuitou uma mensagem para desejar sorte ao time. Resultado: a equipe perdeu de 2 x 1 para a Itália. No segundo jogo, mais um tuíte sobre o time. A Inglaterra perdeu novamente por 2 x 1, desta vez para o Uruguai.

Reprodução/Twitter

Copa de 2014 – Brasil – Semifinais – Brasil 1 x 7 Alemanha

No fatídico jogo em que o Brasil foi humilhado pela seleção alemã, adivinha quem estava presente no estádio? Isso mesmo, Mick Jagger! O líder dos Rollings Stones estava acompanhado do filho Lucas e de alguns amigos. Mais tarde, fez piada com a situação, dizendo que pode ter sido responsável apenas pelo primeiro gol da Alemanha, mas não pelos outros seis.

Getty Images

Eurocopa 2016 – França -  Inglaterra 1 x 2 Islândia

Antes do início da partida, Jagger publicou em seu Twitter um vídeo no estádio, com a legenda “Vai Inglaterra!”. Depois da derrota, o post foi bombardeado por comentários zoando o músico e ele apagou o tuíte.

Reprodução/Twitter

Eurocopa 2016 – França – Portugal 0 x 0 França

A final deste ano da Eurocopa pode, finalmente, ser o início de uma redenção para Mick Jagger. Mais uma vez no estádio, o músico declarou seu apoio à seleção portuguesa por meio de um vídeo postado no Facebook. E não é que finalmente deu certo? Apesar de o jogo terminar empatado em 0 x 0 no tempo normal, Portugal marcou na prorrogação e levou a taça pra casa.

 

Reprodução

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
2
Regime Fechado
Simone & Simaria
3
Avisa Que Eu Cheguei (Part. Ivete Sangalo)
Naiara Azevedo
4
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
5
Amigo Taxista
Zé Neto & Cristiano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

5 vezes em que Mick Jagger foi pé-frio – e uma que deu certo

No aniversário do roqueiro, relembramos o seu azar em jogos de futebol

por Redação em 26/07/2016

Além da fama conquistada à frente dos Rolling Stones, Mick Jagger tem a reputação de trazer má sorte aos times pelos quais torce quando vai ao estádio. Fanático por futebol, o músico é visto frequentemente na plateia de jogos importantes, causando pânico nas torcidas escolhidas.

Reunimos algumas vezes em que a presença de Jagger azarou as equipes.

Copa de 2010 – África do Sul – Oitavas de Final – Gana 2 x 1 Estados Unidos

Foi aí que tudo começou. Jagger acompanhou a partida ao lado do jogador de basquete Kobe Bryant e do ex-presidente Bill Clinton. Apesar do esforço, os americanos perderam o jogo. Não precisa dizer pra quem o Stone estava torcendo, né?

Reprodução

Copa de 2010 – África do Sul – Quartas de Final – Brasil 1 x 2 Holanda

Depois que a Inglaterra foi eliminada da competição, Jagger decidiu torcer para o Brasil, país em que seu filho Lucas (fruto do relacionamento com a apresentadora Luciana Gimenez) vive. No meio da partida, a seleção brasileira se desestabilizou e entregou o jogo para a Holanda.

Reprodução

Copa de 2014 – Brasil – Primeira fase

Jagger estava animadíssimo com o mundial e usava as redes sociais para manifestar seu entusiasmo, principalmente nos jogos da Inglaterra. No primeiro deles, tuitou uma mensagem para desejar sorte ao time. Resultado: a equipe perdeu de 2 x 1 para a Itália. No segundo jogo, mais um tuíte sobre o time. A Inglaterra perdeu novamente por 2 x 1, desta vez para o Uruguai.

Reprodução/Twitter

Copa de 2014 – Brasil – Semifinais – Brasil 1 x 7 Alemanha

No fatídico jogo em que o Brasil foi humilhado pela seleção alemã, adivinha quem estava presente no estádio? Isso mesmo, Mick Jagger! O líder dos Rollings Stones estava acompanhado do filho Lucas e de alguns amigos. Mais tarde, fez piada com a situação, dizendo que pode ter sido responsável apenas pelo primeiro gol da Alemanha, mas não pelos outros seis.

Getty Images

Eurocopa 2016 – França -  Inglaterra 1 x 2 Islândia

Antes do início da partida, Jagger publicou em seu Twitter um vídeo no estádio, com a legenda “Vai Inglaterra!”. Depois da derrota, o post foi bombardeado por comentários zoando o músico e ele apagou o tuíte.

Reprodução/Twitter

Eurocopa 2016 – França – Portugal 0 x 0 França

A final deste ano da Eurocopa pode, finalmente, ser o início de uma redenção para Mick Jagger. Mais uma vez no estádio, o músico declarou seu apoio à seleção portuguesa por meio de um vídeo postado no Facebook. E não é que finalmente deu certo? Apesar de o jogo terminar empatado em 0 x 0 no tempo normal, Portugal marcou na prorrogação e levou a taça pra casa.

 

Reprodução