NOTÍCIAS

7 indicações ao Grammy 2016 que surpreenderam

por em 07/12/2015
O Grammy divulgou hoje sua lista de indicados para a próxima premiação, que será realizada no dia 15/02. GRAMMY 2016: VEJA OS INDICADOS   E, apesar da lista ser bem homogênea, alguns nomes surpreenderam. Veja abaixo os sete nomes que você provavelmente não esperava ver entre os indicados.   Paul McCartney No início do ano, o ex-beatle conquistou o seu primeiro hit no ranking Hot R&B/Hip Hop Songs graças à colaboração em "Only One", de Kanye West. Agora, perto do fim do ano, o músico recebeu outra honraria um tanto quanto inesperada: duas indicações ao Grammy, ambas em categorias de rap. McCartney está disputando Melhor Performance de Rap e Melhor Música de Rap com o seu trabalho em "All Day", de Kanye, uma faixa baseada numa melodia escrita por Paul nos anos 1970.   Joni Mitchell Como Joni Mitchell não lança músicas desde 2007 e grande parte das notícias sobre a cantora neste ano foram sobre a sua hospitalização, foi surpreeendente ver que a lenda folk recebeu uma indicação ao Grammy – que aconteceu porque, antes dos seus problemas de saúde, Joni escreveu alguns versos para o set especial da sua carreira, Love Has Many Faces: A Quartet, A Ballet, Waiting To Be Danced. David Crosby afirma: Joni Mitchell não consegue se comunicar   Highly Suspect  Apesar do trio americano de hard rock ter recebido alguns elogios ao longo da carreira, ele ter sido indicado a dois prêmios Grammy – melhor álbum de rock por Mister Asylum e melhor música de rock por "Lydia" – foi inesperado. "Lydia" chegou até a 4ª posição do ranking Mainstream Rock Songs e o álbum de estreia da banda, lançado no meio deste ano, nem sequer entrou no Billboard 200.   Amy Poehler A atriz, protagonista de programas de televisão como Saturday Night Live Parks & Recreation concorre à categoria de melhor palavra falada pela versão em audiobook de Yes Please, que recebeu críticas medianas quando foi lançado em 2014.   Jimmy Carter Na mesma categoria, Jimmy Carter recebeu uma indicação ao Grammy pelo audiobook A Full Life: Reflections At Ninety. O ex-presidente dos Estados Unidos há foi indicado nesta categoria várias vezes e até mesmo ganhou um Grammy em 2007 pelo livro Our Endangered Values.   Nicki Minaj  "Truffle Butter" merece competir na categoria melhor performance de rap. No entanto, ficamos surpresos porque a banca tipicamente “convencional” do Grammy deu o seu reconhecimento a uma faixa tão pesada verbalmente.   Hiatus Kaiyote O grupo musicalmente ambicioso da Austrália teve um bom ano, mas eles mal se qualificam como estrelas indie. Apesar de ainda ser pequena (ainda!), a banda conquistou uma indicação na categoria de melhor R&B pela música "Breathing Underwater", do seu segundo álbum, Choose Your Weapon. Um reconhecimento inesperado, mas merecido.  
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
2
Regime Fechado
Simone & Simaria
3
Avisa Que Eu Cheguei (Part. Ivete Sangalo)
Naiara Azevedo
4
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
5
Amigo Taxista
Zé Neto & Cristiano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

7 indicações ao Grammy 2016 que surpreenderam

por em 07/12/2015
O Grammy divulgou hoje sua lista de indicados para a próxima premiação, que será realizada no dia 15/02. GRAMMY 2016: VEJA OS INDICADOS   E, apesar da lista ser bem homogênea, alguns nomes surpreenderam. Veja abaixo os sete nomes que você provavelmente não esperava ver entre os indicados.   Paul McCartney No início do ano, o ex-beatle conquistou o seu primeiro hit no ranking Hot R&B/Hip Hop Songs graças à colaboração em "Only One", de Kanye West. Agora, perto do fim do ano, o músico recebeu outra honraria um tanto quanto inesperada: duas indicações ao Grammy, ambas em categorias de rap. McCartney está disputando Melhor Performance de Rap e Melhor Música de Rap com o seu trabalho em "All Day", de Kanye, uma faixa baseada numa melodia escrita por Paul nos anos 1970.   Joni Mitchell Como Joni Mitchell não lança músicas desde 2007 e grande parte das notícias sobre a cantora neste ano foram sobre a sua hospitalização, foi surpreeendente ver que a lenda folk recebeu uma indicação ao Grammy – que aconteceu porque, antes dos seus problemas de saúde, Joni escreveu alguns versos para o set especial da sua carreira, Love Has Many Faces: A Quartet, A Ballet, Waiting To Be Danced. David Crosby afirma: Joni Mitchell não consegue se comunicar   Highly Suspect  Apesar do trio americano de hard rock ter recebido alguns elogios ao longo da carreira, ele ter sido indicado a dois prêmios Grammy – melhor álbum de rock por Mister Asylum e melhor música de rock por "Lydia" – foi inesperado. "Lydia" chegou até a 4ª posição do ranking Mainstream Rock Songs e o álbum de estreia da banda, lançado no meio deste ano, nem sequer entrou no Billboard 200.   Amy Poehler A atriz, protagonista de programas de televisão como Saturday Night Live Parks & Recreation concorre à categoria de melhor palavra falada pela versão em audiobook de Yes Please, que recebeu críticas medianas quando foi lançado em 2014.   Jimmy Carter Na mesma categoria, Jimmy Carter recebeu uma indicação ao Grammy pelo audiobook A Full Life: Reflections At Ninety. O ex-presidente dos Estados Unidos há foi indicado nesta categoria várias vezes e até mesmo ganhou um Grammy em 2007 pelo livro Our Endangered Values.   Nicki Minaj  "Truffle Butter" merece competir na categoria melhor performance de rap. No entanto, ficamos surpresos porque a banca tipicamente “convencional” do Grammy deu o seu reconhecimento a uma faixa tão pesada verbalmente.   Hiatus Kaiyote O grupo musicalmente ambicioso da Austrália teve um bom ano, mas eles mal se qualificam como estrelas indie. Apesar de ainda ser pequena (ainda!), a banda conquistou uma indicação na categoria de melhor R&B pela música "Breathing Underwater", do seu segundo álbum, Choose Your Weapon. Um reconhecimento inesperado, mas merecido.