NOTÍCIAS

As manifestantes do pop: 10 divas que protestaram em forma de música

por em 12/03/2015

Por Bruna Serur

Os últimos anos têm sido de bastante conturbação política. Irã, Turquia, Egito e Estados Unidos foram alguns palcos de manifestações públicas recentes. A Primavera Árabe, que ainda está viva, começou na Tunísia, em 2010, e foi o início de uma onda revolucionária no Oriente Médio e no Norte da África.

Os estudantes em Hong Kong protestaram no ano passado contra o domínio do governo chinês, que está tentando impor um regime cerceador na ilha. Nos Estados Unidos, mortes de cidadãos negros por policiais causaram revolta na população.

E, agora, nossas ruas voltarão a ser ocupadas. Estimulados pelas manifestações que acontecerão nos próximos dias 13 e 15, bolamos uma Rinha das Rainhas para homenagear as mulheres que foram às ruas ou que não tiveram medo de exigir as suas demandas por meio da música.

À frente, meninas! Confira a lista aqui.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
2
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
3
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
4
Avisa Que Eu Cheguei (Part. Ivete Sangalo)
Naiara Azevedo
5
Regime Fechado
Simone & Simaria
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

As manifestantes do pop: 10 divas que protestaram em forma de música

por em 12/03/2015

Por Bruna Serur

Os últimos anos têm sido de bastante conturbação política. Irã, Turquia, Egito e Estados Unidos foram alguns palcos de manifestações públicas recentes. A Primavera Árabe, que ainda está viva, começou na Tunísia, em 2010, e foi o início de uma onda revolucionária no Oriente Médio e no Norte da África.

Os estudantes em Hong Kong protestaram no ano passado contra o domínio do governo chinês, que está tentando impor um regime cerceador na ilha. Nos Estados Unidos, mortes de cidadãos negros por policiais causaram revolta na população.

E, agora, nossas ruas voltarão a ser ocupadas. Estimulados pelas manifestações que acontecerão nos próximos dias 13 e 15, bolamos uma Rinha das Rainhas para homenagear as mulheres que foram às ruas ou que não tiveram medo de exigir as suas demandas por meio da música.

À frente, meninas! Confira a lista aqui.