NOTÍCIAS

Beyoncé com Ed Sheeran e Ariana com Coldplay: veja os duetos do Global Citizen Fest 2015

por em 27/09/2015

Novaiorquinos, líderes mundiais e celebridades juntaram-se neste sábado (26/09) – data de lançamento das metas globais da ONU, planejamento que tem como objetivo acabar com a pobreza extrema até 2030 – no festival Global Citizen Fest 2015.

O evento anual foi criado pela Global Citizen, plataforma que realiza ações para mudar o mundo por meio da solução de problemas sociais. A edição de 2015 teve shows de Beyoncé, Coldplay, Pearl Jam, Ed Sheeran e Tori Kelly, entre outros.

Veja alguns dos principais momentos.

15h: Coldplay iniciou o festival com uma apresentação de alguns dos seus principais hits, como “Yellow” e “Viva La Vida”. Em seguida, a banda britânica recebeu a cantora Ariana Grande para um dueto surpresa de “Just A Little Bit Of Your Heart”.

 

16h: Tori Kelly foi a próxima atração e incluiu no setlist o seu cover de “Blackbird”, dos Beatles, além de “City Dove”, “Nobody Love” e o seu mais recente single, “Should’ve Been Us”.

17h30: Após ser apresentado pela atriz Kerry Washington, protagonista da série Scandal, Ed Sheeran subiu ao palco. O britâncio cantou "A-Team", “Lego House” e algumas músicas do seu último álbum, x, incluindo “Photograph” e um mashup de "Don’t" com “Loyal”, de Chris Brown, e “No Diggity", do Blackstreet.

18h: Ed surpreendeu a multidão ao chamar Chris Martin, vocalista do Coldplay, para tocar piano e entoar um dueto de “Thinking Out Loud”.

Entre as performances musicais, estrelas como Leonardo DiCaprio, Salma Hayek e até mesmo o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, subiram ao palco para chamar atenção para os muitos problemas mundiais, como a pobreza e a atual crise da imigração..

18h30: Depois das apresentações de "Glory" e "The Light", Common recebeu Sting no palco para "Every Breath You Take" e "One World".

19h30: Foi a vez de Beyoncé, que começou a sua apresentação com a versão remix de "Crazy In Love", assim como fez no Made In America Festival.

19h50: A estrela pop seguiu o roteiro da noite e também teve um convidado surpresa para uma performance acústica de "Drunk In Love": Ed Sheeran.

z1

20h30: Beyoncé apresentou, então, a primeira dama dos Estados Unidos, Michelle Obama. "Estou honrada em participar depois de uma mulher que eu admiro e adoro, alguém que acredita tão apaixonadamente como eu, a promessa ilimitada de meninas em todo o mundo", disse a primeira-dama. Em seguida, Michelle cantou um trecho improvisado de "Girl On Fire" e afirmou que as letras da música a lembravam a primeira dama.

21h15: Última atração da noite, o Pearl Jam dedicou a canção “Given To Fly” a Malala Yousafzai, vencedora do prêmio Nobel, que estava presente no festival.

"Nunca tocamos para uma audiência cheia de ativistas. É uma sensação incrível e queríamos agradecer a todos vocês", disse o vocalista Eddie Vedder antes de cantar "Alive".

Como era apropriado para a finalidade da noite, Vedder pegou o violão para interpreter "Imagine", dedicando-a a John Lennon.

"Não é todo dia que você tem a oportunidade de cantar com uma rainha", disse o vocalista da banda antes de receber Beyoncé para um cover de "Redemption Song", de Bob Marley. Em um determinado momento da performance, tudo o que se ouvia era o dedilhar da guitarra de Vedder e os vocais de Beyoncé com um discurso de Nelson Mandela que tocava no telão.

Screen Shot 2015-09-27 at 11.55.05 AM

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
2
Regime Fechado
Simone & Simaria
3
Avisa Que Eu Cheguei (Part. Ivete Sangalo)
Naiara Azevedo
4
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
5
Amigo Taxista
Zé Neto & Cristiano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Beyoncé com Ed Sheeran e Ariana com Coldplay: veja os duetos do Global Citizen Fest 2015

por em 27/09/2015

Novaiorquinos, líderes mundiais e celebridades juntaram-se neste sábado (26/09) – data de lançamento das metas globais da ONU, planejamento que tem como objetivo acabar com a pobreza extrema até 2030 – no festival Global Citizen Fest 2015.

O evento anual foi criado pela Global Citizen, plataforma que realiza ações para mudar o mundo por meio da solução de problemas sociais. A edição de 2015 teve shows de Beyoncé, Coldplay, Pearl Jam, Ed Sheeran e Tori Kelly, entre outros.

Veja alguns dos principais momentos.

15h: Coldplay iniciou o festival com uma apresentação de alguns dos seus principais hits, como “Yellow” e “Viva La Vida”. Em seguida, a banda britânica recebeu a cantora Ariana Grande para um dueto surpresa de “Just A Little Bit Of Your Heart”.

 

16h: Tori Kelly foi a próxima atração e incluiu no setlist o seu cover de “Blackbird”, dos Beatles, além de “City Dove”, “Nobody Love” e o seu mais recente single, “Should’ve Been Us”.

17h30: Após ser apresentado pela atriz Kerry Washington, protagonista da série Scandal, Ed Sheeran subiu ao palco. O britâncio cantou "A-Team", “Lego House” e algumas músicas do seu último álbum, x, incluindo “Photograph” e um mashup de "Don’t" com “Loyal”, de Chris Brown, e “No Diggity", do Blackstreet.

18h: Ed surpreendeu a multidão ao chamar Chris Martin, vocalista do Coldplay, para tocar piano e entoar um dueto de “Thinking Out Loud”.

Entre as performances musicais, estrelas como Leonardo DiCaprio, Salma Hayek e até mesmo o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, subiram ao palco para chamar atenção para os muitos problemas mundiais, como a pobreza e a atual crise da imigração..

18h30: Depois das apresentações de "Glory" e "The Light", Common recebeu Sting no palco para "Every Breath You Take" e "One World".

19h30: Foi a vez de Beyoncé, que começou a sua apresentação com a versão remix de "Crazy In Love", assim como fez no Made In America Festival.

19h50: A estrela pop seguiu o roteiro da noite e também teve um convidado surpresa para uma performance acústica de "Drunk In Love": Ed Sheeran.

z1

20h30: Beyoncé apresentou, então, a primeira dama dos Estados Unidos, Michelle Obama. "Estou honrada em participar depois de uma mulher que eu admiro e adoro, alguém que acredita tão apaixonadamente como eu, a promessa ilimitada de meninas em todo o mundo", disse a primeira-dama. Em seguida, Michelle cantou um trecho improvisado de "Girl On Fire" e afirmou que as letras da música a lembravam a primeira dama.

21h15: Última atração da noite, o Pearl Jam dedicou a canção “Given To Fly” a Malala Yousafzai, vencedora do prêmio Nobel, que estava presente no festival.

"Nunca tocamos para uma audiência cheia de ativistas. É uma sensação incrível e queríamos agradecer a todos vocês", disse o vocalista Eddie Vedder antes de cantar "Alive".

Como era apropriado para a finalidade da noite, Vedder pegou o violão para interpreter "Imagine", dedicando-a a John Lennon.

"Não é todo dia que você tem a oportunidade de cantar com uma rainha", disse o vocalista da banda antes de receber Beyoncé para um cover de "Redemption Song", de Bob Marley. Em um determinado momento da performance, tudo o que se ouvia era o dedilhar da guitarra de Vedder e os vocais de Beyoncé com um discurso de Nelson Mandela que tocava no telão.

Screen Shot 2015-09-27 at 11.55.05 AM