NOTÍCIAS

Champanhe de Jay Z lança edição de mais de R$ 3.400

por em 06/07/2015
A marca de champanhe de Jay Z, Armand de Brignac, lançou sua garrafa mais cara, a Blanc de Noirs. Feito inteiramente de uvas Pinot Noir, a garrafa deve ser vendida entre US$ 930 (R$ 2.900) e US$ 1.092 (R$ 3.400), mais do que o dobro do champanhe mais caro da marca, o Rosé, que custa cerca de US$ 468. A empresa vai produzir apenas 3.000 unidades do produto Blanc de Noirs e virá em uma garrafa de estanho. Mas essa não é garrafa de champanhe mais cara do mundo. O Clos d’Ambonnay, da Krugs, custa US$ 3.120 (R$ 9.700). A marca foi comprada pelo rapper da Sovereign Brands em outubro do ano passado. De acordo com CEO da Armand de Brignac, Sebastien Besson, a proposta abre oportunidades para a produção de uma vasta gama de champanhes, vinhos vintage e misturas para encontrar algo único. “Estamos procurando uma nova maneira de definir a marca como um verdadeiro item de luxo e apenas algo endossado por uma celebridade”, disse.  
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
2
Regime Fechado
Simone & Simaria
3
Avisa Que Eu Cheguei (Part. Ivete Sangalo)
Naiara Azevedo
4
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
5
Amigo Taxista
Zé Neto & Cristiano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Champanhe de Jay Z lança edição de mais de R$ 3.400

por em 06/07/2015
A marca de champanhe de Jay Z, Armand de Brignac, lançou sua garrafa mais cara, a Blanc de Noirs. Feito inteiramente de uvas Pinot Noir, a garrafa deve ser vendida entre US$ 930 (R$ 2.900) e US$ 1.092 (R$ 3.400), mais do que o dobro do champanhe mais caro da marca, o Rosé, que custa cerca de US$ 468. A empresa vai produzir apenas 3.000 unidades do produto Blanc de Noirs e virá em uma garrafa de estanho. Mas essa não é garrafa de champanhe mais cara do mundo. O Clos d’Ambonnay, da Krugs, custa US$ 3.120 (R$ 9.700). A marca foi comprada pelo rapper da Sovereign Brands em outubro do ano passado. De acordo com CEO da Armand de Brignac, Sebastien Besson, a proposta abre oportunidades para a produção de uma vasta gama de champanhes, vinhos vintage e misturas para encontrar algo único. “Estamos procurando uma nova maneira de definir a marca como um verdadeiro item de luxo e apenas algo endossado por uma celebridade”, disse.