NOTÍCIAS

Da música brasileira ao jazz. Conheça Luiza Meiodavila

por em 13/04/2015
Por Rodrigo Amaral da Rocha Com apenas 22 anos, a cantora Luiza Meiodavila está para lançar o seu primeiro EP, Florescer. O projeto conta com 6 faixas: uma de autoria própria, quatro feitas por Lipe, seu produtor, e uma regravação de um chorinho do Jacob do Bandolim no ritmo de ska. O diferente nome artístico é uma derivação do seu sobrenome. Luiza nasceu Luiza Mitteldorf, sobrenome do seu pai, Klaus Mitteldorf, conhecido fotógrafo. A dificuldade em falar o nome e a sisudez que ele passa fez a cantora aderir a uma tradução livre do nome de origem alemã. Do português, Mitteldorf virou Meiodavila. A Billboard Brasil bateu um papo com a cantora para falar sobre o EP de estreia e o show de lançamento, que ocorre no dia 14 de maio no Tom Jazz, em São Paulo. Você é filha de uma artista plástica e de um fotógrafo. A arte tem tudo a ver com a sua formação. Mas por que a música? Desde pequena, sempre tinha música envolvidas nas festas e encontros de família. Eu cantava com os meus pais e os amigos deles quando se encontravam. Eu era roqueira na adolescência, fanática pelo Led Zeppelin, e principalmente por Robert Plant. O que você gostava de tocar no começo de carreira, nos bares? Bastante música brasileira sempre... Gilberto Gil, Caetano Veloso, Dorival Caymmi, Adonirar Barbosa. Gostava muito de jazz e groove de fora também. Além das 6 músicas do EP, o que mais compõe o repertório no show de lançamento no Tom Jazz? Tem muita música de gente que não é tão conhecida. Os compositores Paulo Monarco, Giana Viscardi. A música francesa da Banda Magda. Tem "Luiza", do Tom Jobim, Esperanza Spalding, jazz e muito groove. https://www.youtube.com/watch?v=Pksuhb7CfeI
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
2
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
3
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
4
Avisa Que Eu Cheguei (Part. Ivete Sangalo)
Naiara Azevedo
5
Amigo Taxista
Zé Neto & Cristiano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Da música brasileira ao jazz. Conheça Luiza Meiodavila

por em 13/04/2015
Por Rodrigo Amaral da Rocha Com apenas 22 anos, a cantora Luiza Meiodavila está para lançar o seu primeiro EP, Florescer. O projeto conta com 6 faixas: uma de autoria própria, quatro feitas por Lipe, seu produtor, e uma regravação de um chorinho do Jacob do Bandolim no ritmo de ska. O diferente nome artístico é uma derivação do seu sobrenome. Luiza nasceu Luiza Mitteldorf, sobrenome do seu pai, Klaus Mitteldorf, conhecido fotógrafo. A dificuldade em falar o nome e a sisudez que ele passa fez a cantora aderir a uma tradução livre do nome de origem alemã. Do português, Mitteldorf virou Meiodavila. A Billboard Brasil bateu um papo com a cantora para falar sobre o EP de estreia e o show de lançamento, que ocorre no dia 14 de maio no Tom Jazz, em São Paulo. Você é filha de uma artista plástica e de um fotógrafo. A arte tem tudo a ver com a sua formação. Mas por que a música? Desde pequena, sempre tinha música envolvidas nas festas e encontros de família. Eu cantava com os meus pais e os amigos deles quando se encontravam. Eu era roqueira na adolescência, fanática pelo Led Zeppelin, e principalmente por Robert Plant. O que você gostava de tocar no começo de carreira, nos bares? Bastante música brasileira sempre... Gilberto Gil, Caetano Veloso, Dorival Caymmi, Adonirar Barbosa. Gostava muito de jazz e groove de fora também. Além das 6 músicas do EP, o que mais compõe o repertório no show de lançamento no Tom Jazz? Tem muita música de gente que não é tão conhecida. Os compositores Paulo Monarco, Giana Viscardi. A música francesa da Banda Magda. Tem "Luiza", do Tom Jobim, Esperanza Spalding, jazz e muito groove. https://www.youtube.com/watch?v=Pksuhb7CfeI