NOTÍCIAS

Demi Lovato vai a Washington para falar sobre saúde mental

por em 06/10/2015
A cantora Demi Lovato está usando a sua imagem para chamar a atenção para uma causa pessoal. Nesta terça-feira (06/10), a cantora de “Confident” está se dirigindo a Washington D.C., capital dos Estados Unidos, para falar com legisladores sobre a campanha Be Vocal: Speak Up For Mental Health, iniciativa para ajudar as pessoas que sofrem com doenças mentais. Demi revelou sofrer de transtorno bipolar e deste então é uma voz ativa para o aumento da conscientização sobre os assuntos em torno da saúde mental. “Eu passei por vários anos de dor e sofrimento e eu quero ser capaz de ajudar as pessoas e tentar impedir que este sofrimento aconteça”, disse a cantora à revista People em maio. “Meu pai tinha esquizofrenia e transtorno bipolar, assim como eu, e eu o assisti viver de forma infeliz por causa da falta de tratamento”.
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
2
Regime Fechado
Simone & Simaria
3
Avisa Que Eu Cheguei (Part. Ivete Sangalo)
Naiara Azevedo
4
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
5
Amigo Taxista
Zé Neto & Cristiano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Demi Lovato vai a Washington para falar sobre saúde mental

por em 06/10/2015
A cantora Demi Lovato está usando a sua imagem para chamar a atenção para uma causa pessoal. Nesta terça-feira (06/10), a cantora de “Confident” está se dirigindo a Washington D.C., capital dos Estados Unidos, para falar com legisladores sobre a campanha Be Vocal: Speak Up For Mental Health, iniciativa para ajudar as pessoas que sofrem com doenças mentais. Demi revelou sofrer de transtorno bipolar e deste então é uma voz ativa para o aumento da conscientização sobre os assuntos em torno da saúde mental. “Eu passei por vários anos de dor e sofrimento e eu quero ser capaz de ajudar as pessoas e tentar impedir que este sofrimento aconteça”, disse a cantora à revista People em maio. “Meu pai tinha esquizofrenia e transtorno bipolar, assim como eu, e eu o assisti viver de forma infeliz por causa da falta de tratamento”.