NOTÍCIAS

Diplo comenta acusações de apropriação cultural

Produtor musical respondeu às críticas em entrevista

por Redação em 02/09/2016

Quantas vezes Diplo já teve que responder por acusações de apropriação cultural? Apesar de o super produtor ter passado sua carreira trabalhando com músicos, cantores, compositores, rappers e produtores de uma grande variedade de culturas de todo o mundo, ainda se questiona se sua música é autêntica ou politicamente correta, particularmente o seu trabalho com o Major Lazer, muito influenciado pelo reggae e pelo dancehall.

“Miami é o lugar com a maior diversidade de pessoas onde eu já estive”, disse o produtor em entrevista à NME, referindo-se à sua infância na cidade. “Quando eu estava crescendo, ninguém me disse o que ouvir. No rádio, hip hop sempre chamou a minha atenção, além do heavy metal – tinha uma cena grande na Flórida. Meus pais ouviam country. Rap tocava bastante”, contou.

Diplo argumenta que a ideia de que ele deveria tocar guitarra porque é branco é absurda e comparou sua música ao som do The Clash, banda punk britânica influenciada pela Jamaica e por outras culturas de fora da Inglaterra. "Acredito que o que torna um artista incrível é a capacidade de mudar a música, não fazer a mesma coisa o tempo todo. Do contrário, seria muito entediante”, concluiu.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
2
Regime Fechado
Simone & Simaria
3
Avisa Que Eu Cheguei (Part. Ivete Sangalo)
Naiara Azevedo
4
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
5
Amigo Taxista
Zé Neto & Cristiano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Diplo comenta acusações de apropriação cultural

Produtor musical respondeu às críticas em entrevista

por Redação em 02/09/2016

Quantas vezes Diplo já teve que responder por acusações de apropriação cultural? Apesar de o super produtor ter passado sua carreira trabalhando com músicos, cantores, compositores, rappers e produtores de uma grande variedade de culturas de todo o mundo, ainda se questiona se sua música é autêntica ou politicamente correta, particularmente o seu trabalho com o Major Lazer, muito influenciado pelo reggae e pelo dancehall.

“Miami é o lugar com a maior diversidade de pessoas onde eu já estive”, disse o produtor em entrevista à NME, referindo-se à sua infância na cidade. “Quando eu estava crescendo, ninguém me disse o que ouvir. No rádio, hip hop sempre chamou a minha atenção, além do heavy metal – tinha uma cena grande na Flórida. Meus pais ouviam country. Rap tocava bastante”, contou.

Diplo argumenta que a ideia de que ele deveria tocar guitarra porque é branco é absurda e comparou sua música ao som do The Clash, banda punk britânica influenciada pela Jamaica e por outras culturas de fora da Inglaterra. "Acredito que o que torna um artista incrível é a capacidade de mudar a música, não fazer a mesma coisa o tempo todo. Do contrário, seria muito entediante”, concluiu.