NOTÍCIAS

Justin Bieber e? seu guarda-costas s?ão processados por fo?tógrafo?

por em 21/08/2014
Justin Bieber e sua equipe estão com problemas judiciais mais uma vez. O fotógrafo Aja Oxmang está processando o astro teen e seu guarda-costas, Dwayne Patterson, por agressão física e destruição de uma máquina fotográfica durante a passagem do artista pelo Havaí, em novembro de 2013. Em uma ação movida pelo advogado Sark Ohanian, Oxman pede indenização por assalto e agressão, imposição intencional de sofrimento emocional e negligência. Embora o processo não afirme que Bieber tenha atacado Oxman fisicamente, ele declara que o cantor se juntou a Patterson quando a câmera foi destruída. Na ocasião, Bieber estava na área pública de Shipwrec Beach, ilha havaian de Kauai, quando Oxman o fotografou pulando de um penhasco na água. O processo apresentado ontem (19/08), em Los Angeles, alega que Bieber disse ao seu guarda-costas: “Faça o que for preciso para conseguir aquele cartão de memória”. Após Patterson derrubar Oxman, a acusação alega que o guarda-costas agarrou o fotógrafo em uma “espécie” de estrangulamento, o ergueu e, em seguida, o lançou contra o capôde um carro. A cena continuou – com a presença de Bieber, diz a denúncia – até que outro fotógrafo começou a filmá-los com um celular. Patterson finalmente largou Oxman, dizendo: “Você acha que eu sou estúpido para ser pego por uma dessas câmeras de celular?”. Nesse momento, Patterson e Bieber supostamente destruíram a câmera de Oxman e pegaram seus cartões de memória e suas chaves. Os representantes de Justin Bieber se recusaram a comentar sobre as acusações. Em maio de 2014, surgiram relatos que diziam que o mesmo guarda-costas – Dwayne Patterson – estava sendo processado por um caso semelhante. O fotógrafo Michael Munhoz afirmou que o guarda-costas o perseguiu em uma restaurante da franquia Subway após Bieber ter sido flagrado saindo de uma boate em Miami. Munhoz alega que foi chutado e esmurrado por Patterson, que também forçosamente tentou tirar o cartão de memória de sua câmera.
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
2
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
3
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
4
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
5
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Justin Bieber e? seu guarda-costas s?ão processados por fo?tógrafo?

por em 21/08/2014
Justin Bieber e sua equipe estão com problemas judiciais mais uma vez. O fotógrafo Aja Oxmang está processando o astro teen e seu guarda-costas, Dwayne Patterson, por agressão física e destruição de uma máquina fotográfica durante a passagem do artista pelo Havaí, em novembro de 2013. Em uma ação movida pelo advogado Sark Ohanian, Oxman pede indenização por assalto e agressão, imposição intencional de sofrimento emocional e negligência. Embora o processo não afirme que Bieber tenha atacado Oxman fisicamente, ele declara que o cantor se juntou a Patterson quando a câmera foi destruída. Na ocasião, Bieber estava na área pública de Shipwrec Beach, ilha havaian de Kauai, quando Oxman o fotografou pulando de um penhasco na água. O processo apresentado ontem (19/08), em Los Angeles, alega que Bieber disse ao seu guarda-costas: “Faça o que for preciso para conseguir aquele cartão de memória”. Após Patterson derrubar Oxman, a acusação alega que o guarda-costas agarrou o fotógrafo em uma “espécie” de estrangulamento, o ergueu e, em seguida, o lançou contra o capôde um carro. A cena continuou – com a presença de Bieber, diz a denúncia – até que outro fotógrafo começou a filmá-los com um celular. Patterson finalmente largou Oxman, dizendo: “Você acha que eu sou estúpido para ser pego por uma dessas câmeras de celular?”. Nesse momento, Patterson e Bieber supostamente destruíram a câmera de Oxman e pegaram seus cartões de memória e suas chaves. Os representantes de Justin Bieber se recusaram a comentar sobre as acusações. Em maio de 2014, surgiram relatos que diziam que o mesmo guarda-costas – Dwayne Patterson – estava sendo processado por um caso semelhante. O fotógrafo Michael Munhoz afirmou que o guarda-costas o perseguiu em uma restaurante da franquia Subway após Bieber ter sido flagrado saindo de uma boate em Miami. Munhoz alega que foi chutado e esmurrado por Patterson, que também forçosamente tentou tirar o cartão de memória de sua câmera.