NOTÍCIAS

Luan Santana anuncia DVD em homenagem às mulheres

Cantor terá apenas participações femininas em novo projeto

por Marcos Lauro em 11/08/2016

O nome é enigmático: 1977. Não é a data de nascimento (Luan Santana nasceu em 1991) e nem qualquer outro ano ligado à história pessoal do cantor, mas sim quando a ONU criou o Dia Internacional da Mulher. Pensando em homenagear as mulheres, grande parte do seu público, Luan criou o projeto 1977. “Eu sou um cara que sempre quer fazer coisas diferentes e tinha vontade de trazer um assunto pra um disco, um assunto que as pessoas estejam falando nas ruas. Sou muito ligado ao que está acontecendo no mundo. E eu quis celebrar a mulher nesse trabalho”, contou Luan Santana em encontro com a imprensa na tarde da última quarta-feira (10/08).

1977 conta apenas com mulheres como convidadas: Ana Carolina, Anitta, Camila Queiroz, Ivete Sangalo, Marília Mendonça e Sandy vão dividir o cenário com Luan. A gravação será feita, sem público, num complexo de estúdio de cinema em Paulínia, interior de São Paulo, durante quatro dias. “A ideia foi convidar uma mulher de cada estilo, misturar mesmo”, explicou.

Se você prestou atenção na lista, deve ter se surpreendido com um nome: Camila Queiroz, atriz, entrou no projeto de uma maneira bastante inusitada. “A gravadora sugeriu que eu convidasse uma atriz e me veio em mente o lance do Roberto Carlos, ele sempre convida alguém novo. Dias antes tinha visto um snap da Camila Queiroz cantando uma música do filme Jogos Vorazes e fiquei impressionado. Quando fui conversar com ela, fiquei sabendo que ela estava só dublando!”, contou o cantor. Após esse mal-entendido, Luan convenceu a atriz a participar do projeto. “Foi bem legal, a gente tirou a voz de dentro dela. Muita gente vai se surpreender.”

A ideia é mostrar todo o processo. Como não é um show tradicional, com plateia, cenário e iluminação, o DVD vai mostrar desde a chegada da convidada ao estúdio de gravação, a conversa antes da música e, depois, o resultado final. O projeto deve se tornar também um especial de fim de ano do canal Multishow.

“Os últimos estouros do sertanejo são todos femininos. É a hora das mulheres, rapaz! Não tinha outro momento pra fazer esse DVD. E é uma sensação nova, de ver uma mulher cantar músicas do cotidiano. Aí as mulheres se identificam com aquilo”, analisou o cantor.

O DVD 1977 estará nas lojas no final de novembro.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
2
Regime Fechado
Simone & Simaria
3
Avisa Que Eu Cheguei (Part. Ivete Sangalo)
Naiara Azevedo
4
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
5
Amigo Taxista
Zé Neto & Cristiano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Luan Santana anuncia DVD em homenagem às mulheres

Cantor terá apenas participações femininas em novo projeto

por Marcos Lauro em 11/08/2016

O nome é enigmático: 1977. Não é a data de nascimento (Luan Santana nasceu em 1991) e nem qualquer outro ano ligado à história pessoal do cantor, mas sim quando a ONU criou o Dia Internacional da Mulher. Pensando em homenagear as mulheres, grande parte do seu público, Luan criou o projeto 1977. “Eu sou um cara que sempre quer fazer coisas diferentes e tinha vontade de trazer um assunto pra um disco, um assunto que as pessoas estejam falando nas ruas. Sou muito ligado ao que está acontecendo no mundo. E eu quis celebrar a mulher nesse trabalho”, contou Luan Santana em encontro com a imprensa na tarde da última quarta-feira (10/08).

1977 conta apenas com mulheres como convidadas: Ana Carolina, Anitta, Camila Queiroz, Ivete Sangalo, Marília Mendonça e Sandy vão dividir o cenário com Luan. A gravação será feita, sem público, num complexo de estúdio de cinema em Paulínia, interior de São Paulo, durante quatro dias. “A ideia foi convidar uma mulher de cada estilo, misturar mesmo”, explicou.

Se você prestou atenção na lista, deve ter se surpreendido com um nome: Camila Queiroz, atriz, entrou no projeto de uma maneira bastante inusitada. “A gravadora sugeriu que eu convidasse uma atriz e me veio em mente o lance do Roberto Carlos, ele sempre convida alguém novo. Dias antes tinha visto um snap da Camila Queiroz cantando uma música do filme Jogos Vorazes e fiquei impressionado. Quando fui conversar com ela, fiquei sabendo que ela estava só dublando!”, contou o cantor. Após esse mal-entendido, Luan convenceu a atriz a participar do projeto. “Foi bem legal, a gente tirou a voz de dentro dela. Muita gente vai se surpreender.”

A ideia é mostrar todo o processo. Como não é um show tradicional, com plateia, cenário e iluminação, o DVD vai mostrar desde a chegada da convidada ao estúdio de gravação, a conversa antes da música e, depois, o resultado final. O projeto deve se tornar também um especial de fim de ano do canal Multishow.

“Os últimos estouros do sertanejo são todos femininos. É a hora das mulheres, rapaz! Não tinha outro momento pra fazer esse DVD. E é uma sensação nova, de ver uma mulher cantar músicas do cotidiano. Aí as mulheres se identificam com aquilo”, analisou o cantor.

O DVD 1977 estará nas lojas no final de novembro.