NOTÍCIAS

OS The Darma Lóvers – Espaço

por em 09/04/2013
Em tempos de indie fofinho cada vez mais em voga, a doce e mística psicodelia do duo budista gaúcho formado por Nenung e Irina não poderia ser mais bem-vinda. Este sexto álbum de estúdio chega após quatro anos de silêncio (e um retiro no Tibete que torna a expressão um pouco mais literal), para alegria de fãs como Fernanda Takai, Kassin e Paula Toller.  Desta vez, os Lóvers contam com um brilhante trabalho de Marcelo 4Nazzo (ex-DeFalla) – também responsável pela produção e mixagem – às guitarras. As canções metafísicas de Nenung continuam oferecendo, além de reflexão e prazer estético, uma leitura bem-humorada. A audição de pérolas folk e indie, como “Frágil Felicidade”, “3 Times (A Frog In A Stone)” e “Depois Da Tempestade” (o poderoso trio de faixas que inicia o disco), é facil e pode iluminar mentes mais abertas. De impenetrável, somente o projeto gráfico do encarte do CD, que torna impossível a leitura das letras. Talvez seja proposital: melhor fruir sem lastro visual, na gravidade zero da mente... (P.S.)
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
2
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
3
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
4
Avisa Que Eu Cheguei (Part. Ivete Sangalo)
Naiara Azevedo
5
Amigo Taxista
Zé Neto & Cristiano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

OS The Darma Lóvers – Espaço

por em 09/04/2013
Em tempos de indie fofinho cada vez mais em voga, a doce e mística psicodelia do duo budista gaúcho formado por Nenung e Irina não poderia ser mais bem-vinda. Este sexto álbum de estúdio chega após quatro anos de silêncio (e um retiro no Tibete que torna a expressão um pouco mais literal), para alegria de fãs como Fernanda Takai, Kassin e Paula Toller.  Desta vez, os Lóvers contam com um brilhante trabalho de Marcelo 4Nazzo (ex-DeFalla) – também responsável pela produção e mixagem – às guitarras. As canções metafísicas de Nenung continuam oferecendo, além de reflexão e prazer estético, uma leitura bem-humorada. A audição de pérolas folk e indie, como “Frágil Felicidade”, “3 Times (A Frog In A Stone)” e “Depois Da Tempestade” (o poderoso trio de faixas que inicia o disco), é facil e pode iluminar mentes mais abertas. De impenetrável, somente o projeto gráfico do encarte do CD, que torna impossível a leitura das letras. Talvez seja proposital: melhor fruir sem lastro visual, na gravidade zero da mente... (P.S.)