NOTÍCIAS

Ouvir Justin Bieber e One Direction faz ser uma pessoa melhor, diz estudo

por em 23/01/2013
Imagem: Divulgação

Foi dada a largada de estudos e pesquisas bizarras realizadas em 2013. De acordo com a instituição holandesa Erasmus MC University Medical Center, ouvir Justin Bieber e One Direction ajuda a transformar as pessoas em seres “mais corretos”.

A pesquisa foi realizada com 300 jovens, entre 12 e 16 anos, e ainda aponta músicos mais tradicionais como Beethoven na lista de “boas influências”. O estudo ainda diz que adolescentes que escutam canções menos convencionais - como o punk do Sex Pistols ou hip hop – são mais propensos a virar “delinquentes” no futuro.

“A música é o que separa os jovens em geral dos que podem desenvolver mais facilmente maus comportamentos”, diz a pesquisa. Além disso, o estudo sugere que o gosto musical de uma pessoa pode “contaminar” os amigos. 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
2
Regime Fechado
Simone & Simaria
3
Avisa Que Eu Cheguei (Part. Ivete Sangalo)
Naiara Azevedo
4
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
5
Amigo Taxista
Zé Neto & Cristiano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Ouvir Justin Bieber e One Direction faz ser uma pessoa melhor, diz estudo

por em 23/01/2013
Imagem: Divulgação

Foi dada a largada de estudos e pesquisas bizarras realizadas em 2013. De acordo com a instituição holandesa Erasmus MC University Medical Center, ouvir Justin Bieber e One Direction ajuda a transformar as pessoas em seres “mais corretos”.

A pesquisa foi realizada com 300 jovens, entre 12 e 16 anos, e ainda aponta músicos mais tradicionais como Beethoven na lista de “boas influências”. O estudo ainda diz que adolescentes que escutam canções menos convencionais - como o punk do Sex Pistols ou hip hop – são mais propensos a virar “delinquentes” no futuro.

“A música é o que separa os jovens em geral dos que podem desenvolver mais facilmente maus comportamentos”, diz a pesquisa. Além disso, o estudo sugere que o gosto musical de uma pessoa pode “contaminar” os amigos.