NOTÍCIAS

Paul McCartney desabafa sobre John Lennon: “Ele era adorável”

por em 26/11/2012
Imagem: Divulgação

Paul McCartney disse que fica chateado com a imagem que as pessoas têm de John Lennon desde sua morte, em 1980. Em entrevista ao The Independent, o ex-beatle afirmou que Lennon era um personagem muito mais complexo do que sua imagem pública sugeria.

“Existe aquele período de John antes de tudo: Beatles, fama gigantesca, drogas. É completamente outro John. E ele estava lá até o final”, disse McCartney. “Ele se tornou uma pessoa muito mais doce quando se mudou para Nova York. E, desde que ele se juntou com Yoko e, juntos tiveram Sean, sua personalidade ficou doce. Ele estava mais confortável consigo mesmo.”

Para o músico, as pessoas só conhecem um dos lados do companheiro. “O John amargo é o que todos nós conhecemos e amamos, porque ele era inteligente e muito interessante. Mas eu tenho mais carinho pelo John que conheci bem no início, quando nós fizemos nossas primeiras canções”, explicou.

“Lamento um pouco como a imagem de John se formou, porque ele morreu tão tragicamente…. O lado amargo estava lá, mas era apenas parte dele. Ele também era um homem adorável – uma pessoa muito amável”, desabafou. 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
2
Regime Fechado
Simone & Simaria
3
Avisa Que Eu Cheguei (Part. Ivete Sangalo)
Naiara Azevedo
4
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
5
Amigo Taxista
Zé Neto & Cristiano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Paul McCartney desabafa sobre John Lennon: “Ele era adorável”

por em 26/11/2012
Imagem: Divulgação

Paul McCartney disse que fica chateado com a imagem que as pessoas têm de John Lennon desde sua morte, em 1980. Em entrevista ao The Independent, o ex-beatle afirmou que Lennon era um personagem muito mais complexo do que sua imagem pública sugeria.

“Existe aquele período de John antes de tudo: Beatles, fama gigantesca, drogas. É completamente outro John. E ele estava lá até o final”, disse McCartney. “Ele se tornou uma pessoa muito mais doce quando se mudou para Nova York. E, desde que ele se juntou com Yoko e, juntos tiveram Sean, sua personalidade ficou doce. Ele estava mais confortável consigo mesmo.”

Para o músico, as pessoas só conhecem um dos lados do companheiro. “O John amargo é o que todos nós conhecemos e amamos, porque ele era inteligente e muito interessante. Mas eu tenho mais carinho pelo John que conheci bem no início, quando nós fizemos nossas primeiras canções”, explicou.

“Lamento um pouco como a imagem de John se formou, porque ele morreu tão tragicamente…. O lado amargo estava lá, mas era apenas parte dele. Ele também era um homem adorável – uma pessoa muito amável”, desabafou.