NOTÍCIAS

Rapper DMX é preso por sonegar impostos

Ficha criminal do artista já soma mais de dez acusações

por Redação em 14/07/2017

O rapper DMX foi preso nesta quinta-feira (13/07) por sonegação de impostos. De acordo com a acusação, DMX (seu nome verdadeiro é Earl Simons) supostamente mentiu sobre milhões de dólares em sua arrecadação no Imposto de Renda para não ter que pagar US$ 1,7 milhão em taxas.

Nesta sexta-feira (14/07), ele se apresentará na Corte Federal para o juiz Andrew J. Peck, em Manhattan, Estados Unidos.

De acordo com o texto liberado junto com a acusação, DMX fugiu das taxas abrindo contas em nomes de outras pessoas e pagando despesas pessoais em dinheiro vivo. Na acusação, é mencionado especificamente que, para participar do programa de televisão do canal VH1 Celebrity Couples Therapy, DMX se recusou a receber seu cheque de pagamento até que ele fosse emitido sem taxas.

Entre 2010 e 2015, o rapper ganhou mais de US$ 2,3 milhões. Centenas de milhares de dólares recebidos por suas músicas foram depositados nas contas bancárias de seus empresários que depois “repassavam valores em dinheiro vivo ou usavam para pagar despesas pessoais”.

Infelizmente, esta não é a primeira vez que o rapper vai preso. Já foram 15 apreensões no trânsito, assim como outras vezes em que foi preso por porte de drogas, dirigir sob influência de substâncias ilícitas, roubo, crueldade com animais, violação de condicional, agressão, falta de pagamento de pensão, porte de armas, entre outros.

No passado, DMX admitiu que tinha problemas de saúde mental, incluindo depressão e bipolaridade, assim como problemas com uso de substâncias ilícitas.

Os primeiros cinco álbuns do rapper, começando com It’s Dark and Hell Is Hot, de 1998, estrearam em 1º lugar no ranking Billboard 200. Ele já vendeu mais de 17,3 milhões de discos nos Estados Unidos, de acordo com a Nielsen Music.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
2
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
3
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
4
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
5
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Rapper DMX é preso por sonegar impostos

Ficha criminal do artista já soma mais de dez acusações

por Redação em 14/07/2017

O rapper DMX foi preso nesta quinta-feira (13/07) por sonegação de impostos. De acordo com a acusação, DMX (seu nome verdadeiro é Earl Simons) supostamente mentiu sobre milhões de dólares em sua arrecadação no Imposto de Renda para não ter que pagar US$ 1,7 milhão em taxas.

Nesta sexta-feira (14/07), ele se apresentará na Corte Federal para o juiz Andrew J. Peck, em Manhattan, Estados Unidos.

De acordo com o texto liberado junto com a acusação, DMX fugiu das taxas abrindo contas em nomes de outras pessoas e pagando despesas pessoais em dinheiro vivo. Na acusação, é mencionado especificamente que, para participar do programa de televisão do canal VH1 Celebrity Couples Therapy, DMX se recusou a receber seu cheque de pagamento até que ele fosse emitido sem taxas.

Entre 2010 e 2015, o rapper ganhou mais de US$ 2,3 milhões. Centenas de milhares de dólares recebidos por suas músicas foram depositados nas contas bancárias de seus empresários que depois “repassavam valores em dinheiro vivo ou usavam para pagar despesas pessoais”.

Infelizmente, esta não é a primeira vez que o rapper vai preso. Já foram 15 apreensões no trânsito, assim como outras vezes em que foi preso por porte de drogas, dirigir sob influência de substâncias ilícitas, roubo, crueldade com animais, violação de condicional, agressão, falta de pagamento de pensão, porte de armas, entre outros.

No passado, DMX admitiu que tinha problemas de saúde mental, incluindo depressão e bipolaridade, assim como problemas com uso de substâncias ilícitas.

Os primeiros cinco álbuns do rapper, começando com It’s Dark and Hell Is Hot, de 1998, estrearam em 1º lugar no ranking Billboard 200. Ele já vendeu mais de 17,3 milhões de discos nos Estados Unidos, de acordo com a Nielsen Music.