NOTÍCIAS

Seu Jorge curte participar

Apenas no Spotify, cantor aparece em 107 álbuns e singles; ouça playlist

por Marcos Lauro em 15/03/2017

O que Mano Brown, Blitz, Michel Teló, Capital Inicial, Jota Quest e Leandro Lehart têm em comum? Não sabemos se você já reparou, mas todos esses artistas têm a participação do cantor Seu Jorge em alguma faixa dos seus trabalhos.

Jorge Mário da Silva tem uma agenda atribulada. Entre trabalhos no cinema e sua carreira solo, que começou em 2001, Seu Jorge arranja tempo para participar de álbuns dos mais diversos gêneros – o samba predomina, mas tem rap, música eletrônica, MPB e até reggae. Apenas no Spotify, entre tributos, coletâneas, álbuns ao vivo e álbuns de estúdio de outros artistas, Seu Jorge aparece como convidado em 107 álbuns – fora os singles, remixes e álbuns da sua própria carreira, claro. Esses números garantem quase um milhão de ouvintes mensais para o artista na plataforma.

Fizemos uma playlist com algumas dessas participações. Começa com “É”, homenagem a Gonzaguinha no 27º Prêmio da Música Brasileira com o ator Julio Andrade, passa por “Ive Brussel”, versão de Jorge Ben Jor no mais recente trabalho de Alexandre Pires, e “Dance, Dance, Dance”, do álbum solo do rapper Mano Brown. Tem ainda Ana Carolina, Sergio Mendes, Zeca Pagodinho e Ivete Sangalo.

Ouça:

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
2
Regime Fechado
Simone & Simaria
3
Avisa Que Eu Cheguei (Part. Ivete Sangalo)
Naiara Azevedo
4
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
5
Amigo Taxista
Zé Neto & Cristiano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Seu Jorge curte participar

Apenas no Spotify, cantor aparece em 107 álbuns e singles; ouça playlist

por Marcos Lauro em 15/03/2017

O que Mano Brown, Blitz, Michel Teló, Capital Inicial, Jota Quest e Leandro Lehart têm em comum? Não sabemos se você já reparou, mas todos esses artistas têm a participação do cantor Seu Jorge em alguma faixa dos seus trabalhos.

Jorge Mário da Silva tem uma agenda atribulada. Entre trabalhos no cinema e sua carreira solo, que começou em 2001, Seu Jorge arranja tempo para participar de álbuns dos mais diversos gêneros – o samba predomina, mas tem rap, música eletrônica, MPB e até reggae. Apenas no Spotify, entre tributos, coletâneas, álbuns ao vivo e álbuns de estúdio de outros artistas, Seu Jorge aparece como convidado em 107 álbuns – fora os singles, remixes e álbuns da sua própria carreira, claro. Esses números garantem quase um milhão de ouvintes mensais para o artista na plataforma.

Fizemos uma playlist com algumas dessas participações. Começa com “É”, homenagem a Gonzaguinha no 27º Prêmio da Música Brasileira com o ator Julio Andrade, passa por “Ive Brussel”, versão de Jorge Ben Jor no mais recente trabalho de Alexandre Pires, e “Dance, Dance, Dance”, do álbum solo do rapper Mano Brown. Tem ainda Ana Carolina, Sergio Mendes, Zeca Pagodinho e Ivete Sangalo.

Ouça: