NOTÍCIAS

Tony Bennett, Ne-Yo e Brandon Flowers no tributo a Sinatra

por em 22/04/2015

Frank Sinatra morreu há 17 anos, mas a sua música tomou vida na segunda-feira (20/04), no Spring Studios de Nova York, a nova casa do Tribeca Film Festival. Como parte de uma celebração multimídia que vai durar o ano inteiro – que seria o 100º aniversário do cantor –, o festival foi o palco de um tributo que teve a participação de Tony Bennett, Ne-Yo, Brandon Flowers, do The Killers, Alice Smith e outros.

Ne-Yo, que vestiu um smoking roxo, cantou as menosprezadas "You Make Me Feel So Young" e "I Could Have Danced All Night", e depois fez um dueto com Alice Smith, de "Lady Is A Tramp". Alice também fez um solo de "Night & Day" e "Fly Me To The Moon".

Flowers (que vai lançar o segundo disco solo, The Desired Effect, em maio) apresentou um arranjo de jazz de "The House I Live In" e depois "Come Fly With Me".

Ainda assim, tudo isso foi aquecimento para talvez o único homem vivo que possa substituir Sinatra: Tony Bennett. "Ele era o meu melhor amigo", disse o cantor – que lançou um álbum em tributo ao amigo, Perfectly Frank, em 1992, e fundou uma escola pública no bairro nova-iorquino do Queens em homenagem a Sinatra. "Ele disse a todos que eu era o seu cantor favorito, e eu tenho feito apresentações esgotadas desde então."

Bennett, de 88 anos, fez um cover de "Without A Song" e de "In The Wee Small Hours".

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
Áudio indisponível
2
Regime Fechado
Simone & Simaria
3
Avisa Que Eu Cheguei (Part. Ivete Sangalo)
Naiara Azevedo
4
Na Conta Da Loucura
Bruno & Marrone
5
Amigo Taxista
Zé Neto & Cristiano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Tony Bennett, Ne-Yo e Brandon Flowers no tributo a Sinatra

por em 22/04/2015

Frank Sinatra morreu há 17 anos, mas a sua música tomou vida na segunda-feira (20/04), no Spring Studios de Nova York, a nova casa do Tribeca Film Festival. Como parte de uma celebração multimídia que vai durar o ano inteiro – que seria o 100º aniversário do cantor –, o festival foi o palco de um tributo que teve a participação de Tony Bennett, Ne-Yo, Brandon Flowers, do The Killers, Alice Smith e outros.

Ne-Yo, que vestiu um smoking roxo, cantou as menosprezadas "You Make Me Feel So Young" e "I Could Have Danced All Night", e depois fez um dueto com Alice Smith, de "Lady Is A Tramp". Alice também fez um solo de "Night & Day" e "Fly Me To The Moon".

Flowers (que vai lançar o segundo disco solo, The Desired Effect, em maio) apresentou um arranjo de jazz de "The House I Live In" e depois "Come Fly With Me".

Ainda assim, tudo isso foi aquecimento para talvez o único homem vivo que possa substituir Sinatra: Tony Bennett. "Ele era o meu melhor amigo", disse o cantor – que lançou um álbum em tributo ao amigo, Perfectly Frank, em 1992, e fundou uma escola pública no bairro nova-iorquino do Queens em homenagem a Sinatra. "Ele disse a todos que eu era o seu cantor favorito, e eu tenho feito apresentações esgotadas desde então."

Bennett, de 88 anos, fez um cover de "Without A Song" e de "In The Wee Small Hours".